7 de jun de 2009

Acusado de tráfico vai em cana atrás da cadeia do Mineirão

Cocaína estava escondida embaixo de uma placa em obra da prefeitura

Um maluco acusado de tráfico foi preso na noite de sexta-feira atrás do presídio do Mineirão, na zona norte. A droga – 19 porções de cocaína – ficava escondida embaixo de uma placa onde a prefeitura faz uma obra.Os home receberam uma denúncia anônima de que numa rua , próximo a um boteco, havia uma pessoa vendendo drogas. Os home então se distanciaram para acompanhar a movimentação do local.Eles observaram dois maluquinho. Um deles atravessou a rua e foi à calçada onde a prefeitura está construindo uma pista de bike. Após levantar uma placa, pegou algo e voltou para frente do boteco. Nesse momento uma moto apareceu e o piloto recebeu um embrulho e sumiu.Na seqüência, o segundo maluco teve a mesma atitude. Foi então que os home resolveram enquadra os maluco. Com um deles um maluquinho de 18 anos, foram encontrados R$ 142. Já com um maluquinho de 17 havia R$ 200. Embaixo da placa estavam as 19 porções de farinha. Eles negaram a autoria do crime, mas segundo os home,os dois mano estavam com as unhas sujas de terra. o maluco de 18 anos foi preso em flagrante. Já o menor foi entregue ao responsável.

PM encontra drogas em sacola: Em outro caso envolvendo tráfico de drogas, os home encontraram uma sacola com farinha, maconha e pedra. Duas pessoas foram presas e um menor foi detido.Por meio de denúncia anônima os PMs foram, às 19h30 de sexta-feira, até a a rua Benedito Conceição Gomes Perbeline, que fica no Jardim Guaíba.No local, foram avistadas três pessoas saindo de uma construção que fica no número 437. Quando elas viram o carro da polícia, um deles jogou algo chão.O trio foi enquadrado e revistado. Com um estudante de 17 anos foram encontrados R$ 39. Já com um maluco que dava um trampo de ajudante,18 anos, havia a quantia de R$ 10.Com outro ajudandante de 21, não havia dinheiro. Um dos policia voltou para procurar o que foi jogado no chão e encontrou três capsulas de pó. Nenhum deles assumiu ser dono do bagulho. Já na costrução foi encontrada uma sacola plástica, contendo cem porções de cocaína, 34 pedras de crack e outras três porções de maconha. Os três negaram negaram à polícia qualquer ligação com a droga apreendida. A caminho da delegacia o menor chegou a cita que a droga era dele. Mas depois negou novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário